História da Pizza
 

A história da pizza italiana é antiguíssima, alguns a remontam logo na era Neolítica, outros com alguns pães especiais preparados na época romana, certo que já que no século XVII existiam as pizzas propriamente ditas, como se agora não fosse usado o tomate. Talvez a data simbólica da pizza seja aquela da invenção da Margherita, em 1889, quando Umberto I de´Savoia’’, acompanhado da esposa Margherita, a levou para Napoli: para Regina Margherita, foi dedicada a pizza com muzzarela e tomate, enriquecido pela a ocasião com as folhas de manjericão fresco, como tributo ao tricolor italiano.

No filme de Vittorino De Sica "L’oro di Napoli", de 1954, se pode observar como já em tempos antigos a pizza era concebida como um moderno fast food, tanto que em uma insígnia da época era escrito ‘’Coma hoje e pague em oito dias’’.Então, pizza queria dizer ‘’Napoli´´, hoje a pizza é mais: agora pizza é o mundo inteiro. Hoje, de fato, se fala freqüentemente de globalização, mas se pode notar que a globalização partiu do gosto e disto devemos dar mérito para a nossa própria pizza. Pizza é um nome que se traduz, assim como acontece com o termo ‘’spaghetti’’, mas, enquanto os americanos pronunciam estes últimos substituindo o duplo ‘’T’’ com um ‘’T’’ simples, dizem ‘’spaghetti’’, o nome pizza é pronunciado em todo o mundo assim como se pronuncia em Napoli, na Itália: Pizza!

Do grande sucesso da pizza na América o mérito espera certamente às numerosas colônias di emigrantes italianos que a levaram com eles (a primeira pizzaria aberta na América remonta desde 1895). A pizza se tornou nos nossos dias uma autêntica embaixatriz da nossa cultura gastronômica não só na América, mas no mundo todo. Se virar o olhar ao Oriente, podemos perceber como o Japão desde sempre compete com os gostos europeus, e hoje mais que nunca se é revelado um apreciador apaixonado da nossa culinária e, sobretudo, da nossa pizza.